10 fev 2020

Planejamento orçamentário – O que é e como realizar?

planejamento-orçamentário -o-que-e-e-como-realizar

Você, empreendedor, conhece a importância de realizar o planejamento orçamentário em sua empresa? Entender a sua importância ajuda a implantar o planejamento de maneira correta, possibilitando até o aumento de geração de lucros.

Para você entender melhor esse planejamento e saber colocá-lo em prática, preparamos esse conteúdo para você. Confira!

O que é planejamento orçamentário?

O planejamento orçamentário tem como objetivo planejar as receitas, despesas, custos e investimentos para que seu negócio atinja suas metas.

Além disso, o planejamento está presente dentro da gestão orçamentária de uma empresa.

A gestão orçamentária é responsável pelo controle para que sua empresa use, a fim de avaliar, continuamente, o momento correto para investir, reduzir custos e obter um desenvolvimento saudável, sem a preocupação de aparecer imprevistos.

Essa gestão é composta por quatro fases. São elas:

  • O planejamento orçamentário;
  • As simulações de cenários;
  • O acompanhamento orçamentário;
  • As revisões orçamentárias.

Nessa fase da gestão, o planejamento ajuda a prever as futuras situações que o negócio possa enfrentar, pois é baseada em informações de meses anteriores, como o histórico de orçamento da empresa, por exemplo.

Saiba qual a importância do planejamento orçamentário

O planejamento orçamentário é primordial para manter a empresa saudável. Isso porque está inserido no planejamento tributário a entrega dos dados da empresa, possibilitando uma visão ampla de sua situação.

Deste modo, o planejamento deve ser elaborado de forma anual, funcionando como um termômetro, capaz de indicar se a empresa está gerando lucro para seus sócios.

Deste modo, ele norteia quais decisões devem ser tomadas relacionados sobre possíveis investimentos e alavancagem de capital no negócio.

Desta maneira, a criação do planejamento e aplicação dele dentro de uma empresa é extremamente relevante, pois ele possui informações que possuem fundamento em sua tomada de decisão. Um exemplo dessa situação é quando tem um dinheiro no caixa e o planejamento orçamentário indica que é possível investir.

Assim sendo, implantar o planejamento torna a gestão orçamentária mais assertiva quando realizada.

Leia também sobre Como manter o controle financeiro após a abertura da empresa?

Entenda quais os passos para realizar um planejamento orçamentário

Para realizar o planejamento orçamentário, você, empreendedor, deve conhecer bem o seu negócio, levantando todos os dados que ele possui. 

Depois desse ponto, é preciso:

  • Definir o plano de vendas (metas para o período);
  • Apontar os custos e despesas com pessoal;
  • Elencar as despesas operacionais;
  • Elaborar uma projeção de vendas;
  • Definir quais são os custos de produção;
  • Elaborar um orçamento de investimentos.

Após fazer o levantamento, é possível conferir a concentração do capital da empresa e saber se algum setor necessita de um maior investimento e se outro setor pode ter redução em seus gastos. 

Essa análise oferece um maior equilíbrio para o seu negócio e também pode otimizá-lo.

Como criar um planejamento orçamentário?

Para criar seu planejamento, pode usar três ferramentas essenciais para qualquer empresa: fluxo de caixa, balanço patrimonial e a Demonstração do Resultado do Exercício (DRE).

As ferramentas contábeis precisam ser usadas nas empresas, sejam elas de qualquer tipo, setor ou tamanho. 

Caso seja necessário  busque realizar a projeção do lucro,  ela poderá ser obtida na construção da DRE

Logo, projeção do fluxo de caixa é uma maneira de observar se o negócio possui liquidez e flexibilidade, honrando com os compromissos financeiros assumidos.

Já o balanço patrimonial auxilia o gestor a controlar os bens, direitos e obrigações, apontando o total de ativos e passivos da empresa.

Além disso, a projeção do balanço patrimonial também apresenta resultados, como por exemplo, se o patrimônio expandiu ou não.

Utilizando essas três ferramentas você, empreendedor, pode compreender melhor seu negócio.

Conheça quais são os tipos de planejamentos orçamentários

Diferentes tipos de planejamentos foram aparecendo de acordo com o crescimento das empresas. Assim, é necessário conhecer qual o tipo mais apropriado para a sua empresa, conforme suas peculiaridades e sua gestão.

São eles:

Planejamento Orçamentário Flexível

O Planejamento Orçamentário Flexível possibilita atualizar as projeções a fim de observar os valores do plano real, com a possibilidade de ajustar em qualquer atividade realizada durante todo o período orçamentário. 

Planejamento Orçamentário Estático

Esse Planejamento Orçamentário Estático não muda em toda a sua execução. Ele é criado para o próximo período orçamentário e com foque em somente um plano.

Planejamento Orçamentário Incremental

Já o Planejamento Orçamentário Incremental faz um levantamento das informações dos períodos ocorridos antes e que são utilizados como base para planejamentos futuros.

Planejamento Orçamentário Contínuo 

O Planejamento Orçamentário Contínuo visa em realizar sempre uma revisão mensal, trimestral ou semestral do orçamento no prazo de 12 meses, dependendo da demanda.

Beyond budgeting

Essa expressão pode traduzido para “além do orçamento”, foi elaborado para descentralizar o planejamento dos gestores, implantando uma cultura de autogerenciamento para cativar a produtividade dos colaboradores.

Planejamento Orçamentário Ajustado

Esse Planejamento Orçamentário Ajustado é um exercício para revisar, apontando modificações de mercado, analisam e inserem as adequações precisas ao orçamento.

Concluindo, o conteúdo apresentado indicou como realizar o planejamento orçamentário e quais os tipos. Caso tenha qualquer dúvida, conte com AJCD Contabilidade Digital.

Nosso suporte é realizado de forma prática, por telefone ou WhatsApp diretamente com nossos profissionais, para proporcionar rapidez, agilidade e transparência aos nossos serviços.

Gostou do conteúdo? Acompanhe nosso blog para conferir outros artigos relacionados à área contábil.