Manter um funcionário: Saiba quais são os custos de funcionário que uma escola tem

Descubra o valor para manter um funcionário de uma escola.

A fim de manter um funcionário, o custo envolvido vai além do pagamento de salário pelos seus serviços mensais.

Isso porque, os gestores precisam calcular os encargos trabalhistas adicionais, reduzindo assim as chances de falha na elaboração de seu planejamento financeiro.

Na gestão de uma escola, isso não é diferente. Um gestor escolar precisa se atentar a diversos valores por trás da contratação de um funcionário.

Ficou curioso para compreender quais são os custos para manter um funcionário para uma escola?

Leia com atenção nosso conteúdo e compreenda quais são os encargos trabalhistas deste setor.

Como calcular o custo para manter um funcionário para a escola?

O custo mensal para manter um funcionário de uma escola vai além do valor de seu salário bruto. Isso porque, é preciso considerar os valores dos dissídios como FGTS, férias, pagamento de 13º salário, dentre outros direitos assegurados pela CLT.

Dessa forma, ao ter consciência disso, o gestor escolar passará a ter uma maior consciência da realidade financeira de sua escola.

Ressaltamos que os valores de cada encargo poderão variar de acordo com o regime tributário no qual uma intuição escolar possa estar enquadrada.

Aprenda mais lendo: Passivo trabalhista – O que é e como prevenir de acontecer

Manter um funcionário: quais são os encargos trabalhistas?

Quando o assunto é manter um funcionário, existem diversos encargos trabalhistas envolvidos no processo, no qual um empresário precisa compreender.

Sendo assim, separamos os principais custos por trás da manutenção de um funcionário de uma escola. Acompanhe conosco!

13º Salário

O recebimento do 13º salário é um benefício de direito de todo trabalhador de carteira assinada.

Deste modo, é comum que as empresas realizem o seu pagamento em duas parcelas, sendo uma paga no fim de novembro e a segunda até o dia 20 de dezembro.

Férias

A fim de manter um funcionário, também é preciso levar em consideração os valores pagos referentes ao período de férias, que devem ser remuneradas.

Ou seja, todo funcionário CLT tem direito, após o período de 12 meses, a tirar 30 dias de férias.

Vale-transporte

Outro custo envolvido na manutenção de um funcionário de uma escola é referente ao pagamento do vale-transporte.

Estamos falando do valor pago a um funcionário para que ele possa se deslocar de sua casa até a empresa, e vice-versa.

Aprenda mais lendo: Contabilidade para Escolas: como formar parceria estratégica para o negócio

Ausência remunerada

Existem alguns casos que se faz necessário que um funcionário se ausente de seu trabalho. No entanto, é possível que isso ocorra sem que o empregador faça desconto dos dias em seu salário.

Mas atenção, é preciso estar dentro das causas específicas, pré-estabelecidas pela legislação. Veja a seguir quais são:

  • Funcionário precisou doar sangue (1 dia);
  • Por motivo de ter trabalhado como mesário durante eleições (dois dias);
  • Casamento (oito dias);
  • Nos casos de óbito de pai, mãe, cônjuge ou filhos (oito dias).

Licença

 O último item da nossa lista são as faltas por motivo de licença. Na prática, elas ocorrem quando um funcionário interrompe a sua rotina de trabalho e mesmo assim continua a receber o seu salário.

São exemplos de licença:

  • Maternidade/paternidade;
  • Tratamento de saúde;
  • Acidente de trabalho;
  • Dentre outros. 

Como o leitor pode perceber em nosso artigo, o custo para manter um funcionário em uma escola é composto por uma série de encargos.

Diante disso, é fundamental que um gestor tenha consciência disso e saiba calcular todos os impostos e encargos corretamente.

Precisa de ajuda com a folha de pagamento de seus funcionários? Entre em contato com um de nossos especialistas e tire todas as suas dúvidas!

Nós, da AJCD Contabilidade, aplicamos a Contabilidade Consultiva para gerar resultados positivos para a sua empresa.

Se você gostou do artigo, fique ligado em: É possível revisar tributos pagos por pequenas e médias empresas?

Aproveite para curtir as nossas redes sociais e compartilhar o nosso conteúdo com os seus amigos.

Manter um funcionário: Saiba quais são os custos de funcionário que uma escola tem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo