31 jul 2019

Contabilidade para Clinicas Médicas: Qual a importância?

contabilidade-para-clinicas-medicas:-qual-a-importancia?

O profissional da saúde que é responsável pela clínica, fica com muitas demandas para atender e ter alguém para cuidar da parte financeira do seu negócio é de suma importância. 

A contabilidade tem um papel essencial para o crescimento da sua clínica médica. De acordo com o Sebrae, em 2018, de cada 4 empresas abertas, 1 fecha antes de completar 2 anos de existência no mercado.

Com isso, os médicos que desejam empreender e montar sua própria clínica acabam uma assumindo uma posição de gestor que não prontos para controlar. Sobretudo, neste artigo vai ser discutido o poder da contabilidade na clínica médica e algumas dicas de como administrar seu consultório melhor.

Importância da contabilidade para clínicas 

Formalizar a sociedade

O contador além de cumprir com a parte burocrática, ele passara informações importantes sobre a forma de constituição de uma empresa, o impacto dos impostos de acordo com regime tributário escolhido.

Ter mais controle financeiro

Ter as finanças em dia é de suma importância para crescer sua clínica. Um apoio de um profissional especializado é interessante pois, ele pode controlar as despesas e analisar onde é possível economizar e pesquisar bons investimentos. 

Reduzir tributos

Já sabemos que o Brasil é um país de alta tributação. E para te ajudar a não perder tanto dinheiro nos impostos. Deixe que um contador utilize de isenções e benefícios fiscais para ajudar sua clínica médica.

Planejamento financeiro

Com a redução dos tributos, o contador poderá elaborar estratégias de ação para economizar dinheiro e fazer investimentos lucrativos. Com isso, trazendo vantagens para você e colocando a clínica em um patamar diferenciado de competividade no mercado.

Questões trabalhistas

Algo que traz muita dor de cabeça para o médico, será responsabilidade do profissional de contabilidade que irá te auxiliar no pagamento das verbas trabalhistas e no cumprimento da regularização da contratação de funcionários.

Sobretudo, ele poderá colaborar com os envios de guias e relatórios para a Previdência Social.

Usar a tecnologia 

Hoje a tecnologia é uma ferramenta essencial para inovar seu negócio. Os serviços online são rápidos e seguros e diminuem o tempo que você gastaria indo nos lugares para resolver.

Desse modo, procure uma contabilidade que prestam serviços online. A comunicação online também pode ser resolvida de forma que não precisam de deslocamento. 

Dicas para administrar melhor sua clínica médica 

Organização

Um negócio bem organizado é essencial para o crescimento da clínica médica. Um ambiente com uma boa organização gera a fidelização de clientes e deixa seu processo fácil.

Conheça seus pacientes

Os pacientes são sua imagem no mercado. Conhecer hábitos e gostos do paciente é fundamental para entender suas necessidades e melhorar seu atendimento. 

É através da confiança com o cliente, o médico pode fazer uma pesquisa de satisfação com os pacientes para avaliar sugestões e críticas.

Planeja sua carreira

Pense nos clientes, mas também pense na sua carreira. Estude sempre, se especialize para atender melhor o seu público-alvo. 

Arrisque com moderação

É importante ousar, mas com moderação. Análise o mercado e as dores das pessoas para que você possa trabalhar com outros setores. 

Boa imagem da clínica

Tenha uma boa imagem para sua clínica. Invista em marketing para divulgar seu negócio.  As redes sociais podem te ajudar a atrair, reter e fidelizar seus pacientes. 

Regimes tributários para clinicas médicas  

Simples Nacional

O Simples Nacional é um regime tributário que une os principais tributos e contribuições existentes no país, em sua grande maioria, administrados pela Receita Federal, mais o ICMS (de âmbito dos Estados e DF) e o ISS (de âmbito dos municípios).

A maior vantagem do Simples Nacional é que a empresa reúne oito tributos em um único cálculo, facilitando o gerenciamento de impostos na contabilidade para clínicas médicas. Os impostos reunidos são o IRPJ, CSLL, PIS/PASEP, COFINS, IPI, ICMS, ISS e CPP.

Esse tipo de tributação facilita o recolhimento dos impostos, mas limita o retorno financeiro: o total máximo permitido é igual a R$3,6 milhões anuais.

Lucro Presumido

O regime tem esse nome pelo sistema de tributação dos seus principais impostos federais. São eles: o Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL). Ambos incidem sobre a parcela que a legislação considera como lucro.

Como trabalha com uma tabela de tributação fixa, essa pode ser uma opção arriscada. Afinal, quando seu lucro de fato for menor do que o estabelecido pela legislação, seu consultório vai pagar mais impostos do que deveria.

Lucro Real

O lucro real é um regime de tributação que ocorre sobre o lucro líquido da empresa em determinado período.

Para calcular esse valor, a empresa precisa saber qual foi seu lucro para realizar a base de cálculo do IRPJ e da CSLL. Dessa maneira, os encargos podem aumentar ou diminuir de acordo com os resultados obtidos. Além disso, se a empresa tiver prejuízo no ano, ela fica dispensada do pagamento do tributo.

Impostos a serem recolhidos por uma clínica médica 

De acordo com o regime tributário para clínicas médicas escolhido, os impostos mais comuns são o IPRJ, a CLSS e a COFINS – Contribuição para Financiamento da Seguridade Social. Além disso, existe também o PIS – Programa de Integração Social e o INSS – Instituto Nacional do Seguro Social, este incidente sobre a folha de pagamento.

Na clínica médica é preciso ainda observar o recolhimento do ISS – Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza.

O IRPJ é o imposto específico para pessoas jurídicas, normalmente declarado todos os anos ou trimestralmente (nos meses de março, junho, setembro e dezembro). A alíquota e apuração do IRPJ pode variar conforme o modelo de tributação escolhido.

O COFINS é a contribuição incidente sobre a receita bruta da clínica médica, sendo recolhido para a Previdência e Assistência Social, com alíquotas definidas pela legislação. No caso de uma empresa enquadrada no Lucro Presumido, por exemplo, a alíquota é de 3% sobre o faturamento.

O ISS é um imposto que pode variar conforme o município, variando de 2 a 5% sobre os serviços prestados.

Cuidados no pagamento dos seus impostos

A questão tributária é algo bastante complexo no Brasil, por isso é importante conversar com o seu contador e definir seu retorno financeiro e a estrutura da sua ocupação, qual será o tipo de tributação mais adequada para a sua realidade. 

Após a opção do regime, é importante que mantenha um fluxo de caixa sempre atualizado. Assim, a contas vão estar sempre em dia melhorando sua clínica. 

Dessa forma, sempre é indicado que você busque a opinião de um contador de confiança e que lhe mostre as opções existentes.

Se interessou? Tem alguma dúvida? Entre em contanto conosco!

Gostou desse artigo? Deixa aqui nos comentários! 👇👇

Leia outros artigos no nosso blog!

📍 AJCD é uma contabilidade digital simplificada onde você tem mais tempo para a gestão do seu negócio!