Contabilidade e finanças para advogados: o que eu devo entender?

Atualmente, vários assuntos estão ganhando relevância no ambiente jurídico, como a contabilidade e finanças para advogados.

Atualmente, vários assuntos estão ganhando relevância no ambiente jurídico, como a contabilidade e finanças para advogados.

Como a contabilidade pode se tornar aliada dos advogados? Se você também possui essa dúvida, saiba que a AJCD Contabilidade Digital pode te ajudar!

Você é advogado, possui um escritório ou está pensando em montar uma sociedade? Este conteúdo é para você!

Portanto, leia com atenção nossas dicas a seguir e compreenda como a contabilidade é uma importante ferramenta na gestão de finanças de um advogado. Vamos lá?

Trabalhar como autônomo ou abrir uma sociedade advocatícia, o que é mais vantajoso?

O primeiro ponto de atenção no tema contabilidade e finanças para advogados é o modelo de atuação.

Todo profissional, quando abre uma empresa, tende a se questionar: devo atuar de forma autônoma ou formalizo uma sociedade? E este não é um fato que diferencia os profissionais do segmento jurídico.

Até mesmo porque, esta pergunta é mesmo pertinente e a sua resposta ideal irá de consonância ao desejo de seu faturamento profissional.

Sendo assim, muitos advogados tendem a procurar um profissional especializado, a fim de discutir qual questão seria a sua melhor possibilidade de atuação no mercado.

Isso porque, eles acreditam que poderão arcar com o recolhimento de tributos menores, caso atuem como autônomos. O que na verdade, é uma das vantagens deste formato.

O pagamento de menos impostos sempre poderá ser considerado um diferencial competitivo. Afinal, quando o pagamento de tributos é baixo, o faturamento e, consequentemente, os lucros, podem ser maiores.

Além disso, leia também: 5 dicas para melhorar o fluxo de caixa de sua academia.

Será que um profissional autônomo possui uma carga tributária menor?

Infelizmente, temos que dizer que não! Isso porque, partindo do princípio que um advogado cumpre corretamente as suas obrigações com a receita, ele terá que manter um pagamento mensal do carnê-leão.

Desta forma, faturando até R$1.903,98 mensais, o advogado autônomo fica isento do pagamento imposto de renda.

Contudo, caso ultrapasse este valor, o pagamento de seu IR deverá ser de acordo com a tabela progressiva.

Sendo assim confira a seguir, os seus valores:

Base de cálculoAlíquotaParcela a deduzir do IR
Até R$ 1.903,98De R$ 1.903,98 a R$ 2.826,65Isento7,50%
IsentoR$ 142,80
De R$ 2.826,66 a R$ 3.751,0515%R$ 354,80
De R$ 3.751,06 a R$ 4.664,68
22,50%
R$ 636,13
Acima de R$ 4.664,6827,50%R$ 869,36

Ressaltamos que, caso um advogado não preste contas à Receita de maneira devida, poderá ser atuando e acabar tendo que pagar uma multa que pode variar entre 20% a 150% sobre o valor do imposto devido. 

Logo, contar com apoio de uma contabilidade para advogados é de fundamental importância.

Afinal, a atuação de profissionais especializados contribuirá para que o advogado autônomo desenvolva sua atividade, sem que seja preciso se preocupar com o pagamento de tributos, valores de alíquotas, prazos de pagamentos, dentre outros aspectos. 

Além disso, aproveite para ler mais sobre: Qual a importância de ter um consultor financeiro?

Como ficam os impostos pagos por uma sociedade de advogados?

Um outro ponto de discussão na contabilidade e finanças para advogados diz respeito ao pagamento de impostos.

Deste modo, outro modo de empreender é montando um escritório de advocacia, para isso será preciso escolher um regime tributário.

Dessa forma, contar com apoio de uma contabilidade para advogados se faz de crucial importância. Isso porque, caso opte por enquadrar a sociedade no regime Lucro Presumido, regime este bastante comum entre os prestadores de serviço, os valores de impostos podem corresponder a cerca de 17% do faturamento. 

Enquanto no Simples Nacional, a tributação incidida pode cair para 4,5%. 

Como um escritório de contabilidade pode ajudar o advogado?

A visão de que um escritório de contabilidade para advogados e demais tipos de atividades auxiliam apenas na solução de processos burocráticos, como emissão de guias de impostos, escrituração de contas, dentre outros, está errada!

Sim! Uma contabilidade irá cuidar de tudo isso, mas hoje ela atua também com um viés consultivo, oferecendo apoio a diversos tipos de questões, promovendo uma questão mais eficiente e lucrativa. 

Desta forma, no tema contabilidade e finanças para advogados, o serviço especializado poderá auxiliar com:

  • Elaboração de um planejamento tributário;
  • Organizar as finanças;
  • Auxiliar na escolha do melhor formato jurídico;
  • Orientar o enquadramento tributário;
  • Analisar dados e comparar resultados;
  • Dentre outros. 

Portanto, deseja compreender melhor este modelo de serviço? Entre em contato com um de nossos especialistas e tire todas as suas dúvidas! Nós, da AJCD Contabilidade, aplicamos a Contabilidade Consultiva para gerar resultados positivos para a sua empresa.

Se você gostou do artigo, fique ligado em: É possível revisar tributos pagos por pequenas e médias empresas?

Além disso, aproveite para curtir as nossas redes sociais e compartilhar o nosso conteúdo com os seus amigos.

Contabilidade e finanças para advogados: o que eu devo entender?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo