18 set 2019

Admissão de funcionários: Entenda o processo

Admissão de funcionários: Entenda o processo

A escolha do profissional que vai agregar na sua empresa deve partir do pressuposto que ele é um profissional capacitado e fará diferença na sua empresa.

Dessa forma, o artigo vai tratar de entender o processo de admissão de um funcionário.

Admissão de funcionários

Para contratar um colaborador é preciso entender que tipo de contrato a empresa vai ter com ele. Ele pode ser:

– Contrato de experiência

Esse contrato tem como característica averiguar se o colaborador vai ser um bom empregado e se ele também quer ficar na empresa. Pode ser prorrogado apenas uma vez.

– Contrato de trabalho

Se a empresa decidir contratar o funcionário, ele muda automaticamente para um contrato de trabalho. Dessa forma, os dois devem estar cientes dos deveres e diretos de cada um.

– Documentos

Quando a pessoa é admitida no seu novo emprego, ela precisa fornecer uma série de documentos para empresa. Veja alguns abaixo:

– Carteira de trabalho – CTPS

Funciona como uma ficha, em que deve ser anotado a data da admissão, a remuneração e condições especais, se houver.

Vale lembrar que a empresa não pode ficar de posse da carteira de trabalho por mais de 48 horas.

– Alistamento Militar

Se o colaborador for homem, ele precisa mostrar o certificado de alistamento militar.

– Exame admissional

Deverá ser pago pela empresa, como forma de saber se o profissional está apto para trabalhar naquele cargo.

– Certidão de casamento/ nascimento

A empresa saber se há dependentes do colaborador, pois precisará destas informações para o Imposto de Renda ou outros benefícios.

– Vale transporte

A empresa pode oferecer o vale-transporte e descontar de uma pequena parcela do salário do funcionário. Pode ser pago em dinheiro ou através de passes de transportes.

Processos de admissão de funcionários por parte da empresa

O preenchimento de dados pessoais do funcionário na carteira de trabalho é função da empresa. Deve ter:

  • Função do funcionário na empresa
  • Salário
  • Data de admissão
  • Estado civil
  • Jornada de trabalho
  • Informar se há dependentes

A empresa poderá também fornecer um treinamento ao colaborador, afim que ele se integre melhor das atividades do negócio. Isso é uma boa estratégia o dono no negócio, pois ele pode aproveitar melhor dos conhecimentos dos funcionários.

Como fazer a admissão de funcionários PJ?

A pessoa jurídica, PJ como é conhecido, é como se fosse uma empresa. Logo, uma empresa contratando outra empresa. Esse tipo de contrato não precisa assinar carteira de trabalho, nem fazer exames médicos ou impostos.

A vantagem para o contratante é a redução dos custos trabalhistas, já para o contratado é que ele não tem descontos no salário. Vale lembrar que apesar de não assinar a carteira, os dois precisam ter um contrato mostrando os deveres e diretos que cada um deve cumprir.

Benefícios de organizar bem um processo de admissão de funcionários

– Desempenho da empresa

Quando a instituição contrata bons funcionários, ela cresce com isso. Além, de que ela pode capacita-los ainda mais para obter resultados.

– Retenção de talentos

Na hora de admitir bons funcionários, busque alguém que queira de verdade ficar na empresa. Assim, não vai ver uma rotatividade de colaboradores.

– Clima Organizacional

É importante buscar um funcionário que tenha características do seu negócio, que é um diferencial e que saiba lidar com o público.

Conclusão

Assim, concluímos que para desenvolver um bom processo de admissão de funcionários, é importante conhecer a pessoa desde da entrevista até na hora de assinar um contrato.

Gostou? Deixe um comentário abaixo! 👇

Leia outros artigos no nosso blog!

 📍 AJCD é uma contabilidade digital simplificada onde você tem mais tempo para a gestão do seu negócio!