08 ago 2019

Abrir Uma Clínica Médica – Tudo que você precisa saber

Abrir Uma Clínica Médica - Tudo que você precisa saber

A maioria dos estudantes de medicina sai da faculdade sem ter nenhuma noção como abrir ou administrar sua própria clínica. E isso faz que muitas clínicas fecham antes mesmo de começar a progredir. 

O Brasil tem um grande número de médicos, porém os médicos empreendedores ainda estão em baixa. Ser um médico empreendedor agrega muito valor a profissão e é uma tendência ideal de mercado.

Os profissionais da saúde em geral vivenciam diariamente uma velocidade da evolução das pesquisas e atuações. Com isso, empreender tem sido a palavra de ordem dos últimos anos.

A competitividade tem aumentado na área da saúde, exigindo dos médicos o compromisso em ser relevante na forma de atender e tratar as pessoas. O profissional da área da saúde deve investir em soluções inteligentes e inovadoras para abrir uma clínica médica. 

Neste artigo, será exposto os motivos que fazem os médicos ser bons empreendedores e como abrir uma clínica médica.

Motivos que fazem dos médicos bons empreendedores

Aprender com a experiências

É essencial aprender com as vivências diárias. Aprender com os erros de empresas que fracassaram também é um ponto a levar-se em consideração. 

Pesquisas e estudos

Um bom empreendedor está sempre buscando novos conhecimentos e formas de se especializar. E os médicos já fazem isso o tempo todo com novos tratamentos e medicamentos que surgem na área.

Riscos x Benefícios

A capacidade de tomar decisões baseadas em um custo-benefício é essencial para os negócios da sua clínica médica. 

Reconhecer padrões 

O médico é ensinado na faculdade a realizar diagnósticos e encontrar padrões repetidos. E para gerenciar sua clínica isso é uma habilidade importante, pois identificar os pontos positivos ou negativos tornam seu negócio com objetivos mais consciente e gera bons resultados. 

Foco na ação

Depois de fazer todo o planejamento no papel, é a hora de tomar as decisões que vão ser colocadas em prática no seu negócio.

Lidar com a incerteza 

Os médicos empreendedores devem aprender a lidar com as incertezas, mas não deve se abater por causa disso. As incertezas possibilitam novas formas de pensar e como o profissional da saúde pode ajudar ainda mais os seus pacientes. 

Abrindo uma clínica médica

A primeira questão de o médico empreendedor deve pensar é: Como será a sua clínica?

  • Clínica particular de alto padrão?
  • Clínica popular?
  • Clínica especializada?

Essa informação deve-se fazer parte do seu plano de negócios e das suas estratégias, já que é fundamental para o crescimento da sua clínica médica.

A partir disso que foi feita a escolha do tipo de clínica vamos para os próximos passos.

Público-alvo

Não se deve ignorar o público-alvo. É com base nele, que a clínica vai desenvolver os principais clientes e ainda sim crescer.

Local

Depois da escolha do público é importante pensar no ambiente que será estabelecida a clínica. O perfil dos seus futuros pacientes conta muito aqui. Precisa ser próximo a eles e fácil de chegar.

Um local com estacionamento próximo agrega muito ao seu negócio. Logo, valorize a segurança e movimentação ao em torno do seu local de trabalho.

Estrutura

O ambiente da sua clínica deve ser o mais agradável possível, prezando o conforto e o melhor atendimento para os seus clientes. Crie um espaço com acessibilidade para crianças, idosos e pessoas com necessidades especiais e uma boa ventilação e luz natural. 

Equipamentos

Depois de ter um bom ambiente é preciso pensar nos custos com os equipamentos da clínica. Aposte em equipamentos que gastem menos energia, e isso influenciará nas contas de luz do seu estabelecimento.

Os equipamentos vão desde de computadores e telefones da parte da recepção com os instrumentos que vão ficar nas salas de atendimento. 

Equipe

A contratação de uma equipe qualificada é de suma importância para o bom funcionamento da clínica médica. Profissionais experientes e que prezem para o bom relacionamento com os clientes devem estar na mira da contratação.

Além disso, ofereça cursos especializantes e uma boa comunicação interna para o crescimento da sua empresa. 

Marketing

Hoje em dia é interessante ter um plano estratégico de marketing para divulgar a clínica online. A maioria das empresas tem um site e atua em redes sociais, por isso tem uma visibilidade maior.

A produção de conteúdo é relevante pois gera autoridade para seu site e logo mais conversões. Se possível, faça anúncios no Facebook e no Google para aumentar seu raio de clientes.

Não deixe também de usar os meios antigos de divulgação como: panfletos, folders e banners em locais estratégicos. 

Gestão

Essa parte deve ser analisada com calma, pois abrir uma clínica médica precisa de investimentos e tempo. Com isso, pensar em gerir os gastos financeiros, de contratação de funcionários e regimes tributários pode ser uma dor de cabeça a mais.

Dessa forma, pense em contratar uma consultoria especializada ou um contador para poder tirar essa dor de cabeça da sua vida. A contabilidade é importante pois tira um peso do médico empreendedor que já cuida de outras partes do seu atendimento com as pessoas. 

Empático 

Isso todo o médico que sai da faculdade deve ser, pois esses profissionais lidam com os problemas das pessoas. Contudo, é importante ser bem-educado e resolver os problemas dos pacientes da melhor formar possível.

Pesquisa de satisfação

Os pacientes são o foco da clínica médica, por isso pensar em uma pesquisa de satisfação com eles é de suma importância para gerar valor e crescimento do seu negócio.

Nessa pesquisa busque colocar perguntas como: O que você achou do nosso atendimento, desde do momento para marcar a consulta até o pós-consulta? De que forma, você encontrou a gente? Site, redes sociais ou outros? De zero a dez quanto você indicaria a clínica médica para seu amigo?

Documentos necessários pra abrir uma clínica médica

Os documentos necessários para abrir uma clínica médica são simples:

  • CNPJ;
  • Cópia autenticada do RG e CPF;
  • Folha espelho do IRPF;
  • IPTU do imóvel;
  • Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda;
  • Alvará de funcionamento;
  • Vigilância Sanitária;
  • Entre outros documentos específicos da cidade.

Se interessou? Tem alguma dúvida? Entre em contanto conosco!

Gostou desse artigo? Deixa aqui nos comentários! 👇👇

Leia outros artigos no nosso blog!

📍 AJCD é uma contabilidade digital simplificada onde você tem mais tempo para a gestão do seu negócio!